domingo, 29 de maio de 2016

Em jejum de gols pelo Timão, Luciano é oferecido ao Benfica, diz jornal

(Foto: Sergio Barzaghi/GazetaPress)

Titular do Corinthians, o atacante Luciano, que tem 60% de seus direitos econômicos vinculados ao Timão, foi oferecido ao Benfica, de acordo com informações do jornal português A Bola. A publicação, porém, ressalta que a contratação do atacante não é prioridade para os Encarnados.
Luciano já esteve na mira do Benfica na última janela de transferências. Na ocasião, porém, conforme relata o jornal, o empresário do jogador, Nilson Moura, disse que a negociação no valor de 5 milhões de euros (aproximadamente R$ 20 milhões) só não foi concretizada devido a lesão do atacante, que rompeu o ligamento do joelho direito.
Desde a contusão, inclusive, Luciano vive um jejum de gols no Timão. O último tento aconteceu no dia 16 de agosto do ano passado, na vitória sobre o Avaí por 2 a 1, quando estava em grande fase. O atacante se machucou na partida seguinte e precisou ficar seis meses afastado, retornando apenas nesta temporada.
Desde o período ausente, foram 14 jogos, sendo 13 neste ano, e nenhum gol marcado. Mesmo assim, a má fase enfrentada pelo concorrente André, fez com que o técnico Tite optasse por dar novas oportunidades a Luciano.

(gazetaesportiva)
Read More

Marquinhos Gabriel critica jogo em calor “desumano” e exalta superação

(Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

Autor de um belo gol que carimbou a vitória de 2 a 0 do Corinthians sobre o Sport na manhã deste domingo, em Recife, Marquinhos Gabriel saiu de campo criticando o horário da partida com o calor “desumano” da capital pernambucana. Para o meia, um dos destaques alvinegros no jogo, essa foi a maior dificuldade do Timão.
“Nossa maior dificuldade foi o calor. A gente estava num clima agradável em São Paulo, e jogar as 11 da manhã não é fácil ainda mais com esse calor que é meio desumano em Recife. O pessoal tem que pensar no jogador. Eles estão lá no ar condicionado e nós estamos aqui sofrendo”, disse na saída de campo ao canal Premiere.
Marquinhos Gabriel perdeu duas boas chances de gol antes de marcar o segundo tento corintiano na partida depois de Lucca ter aberto o placar. O meia reconheceu a atuação pouco convicente da equipe, mas exaltou a superação dos problemas e os três pontos.
“Perdemos algumas chances no primeiro tempo que não podemos perder, inclusive comigo. Mas a equipe toda está de parabéns pela luta. A gente se superou hoje, e agora é pensar na próxima rodada. A gente vem crescendo a cada jogo”, comentou.
A melhora do Timão na partida, curiosamente, aconteceu na volta do intervalo, quando Tite decidiu trocá-lo de posicionamento com Giovanni Augusto. O meia explicou a mudança.
“O Giovanni estava tendo um pouco de desgaste ali na recomposição. Então o Tite pediu para que eu fizesse a parte mais defensiva com o Giovanni rodando bola na frente, e graças a Deus deu certo. Agora, é descansar para buscar mais uma vitória”, finalizou.

O próximo desafio do Corinthians acontece na quarta-feira. Em Itaquera, às 21h (de Brasília), o Alvinegro joga o seu primeiro clássico no Brasileirão contra o Santos.

(gazetaesportiva)
Read More

Lucca sai do banco para abrir o placar, e Tite nega “intuição”

(Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

Aos 16 minutos do segundo tempo, Lucca saiu do banco de reservas do Corinthians para substituir Luciano e marcar o gol que abriu a vitória do Timão por 2 a 0 sobre o Sport, na Ilha do Retiro. Após a partida, o técnico Tite negou “intuição” no momento de colocar o atleta e exaltou a preparação do grupo.
“Não foi nenhuma coisa intuitiva. Foi algo trabalhado. Ele (Lucca) vem trabalhando nessa função (de centroavante). Ele é muito móvel nessas ações. A maior qualidade dele é a capacidade de finalizar por alto e por baixo. Por isso, decidi utilizar o jogador”, comentou Tite em entrevista coletiva.
Lucca também comemorou o fato de ter aproveitado a oportunidade. “A gente sempre fala e preza isso. Todos têm que estar preparados porque a oportunidade vai surgir, o campeonato é longo. Hoje fui feliz em finalizar bem e ajudar. Mas os méritos são da equipe, que foi inteligente e bem postada no segundo tempo”, avaliou o atacante.
Foi o sétimo gol de Lucca no ano, e o primeiro no Campeonato Brasileiro. Com a má fase de Luciano, que não balança as redes desde agosto do ano passado, o jogador de 24 anos pode ganhar uma chance de começar como titular no clássico de quarta-feira, contra o Santos, em Itaquera.
(gazetaesportiva)
Read More

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Cássio admite insatisfação com reserva e faz duras críticas a preparador

Cássio admitiu que não digeriu muito bem sua saída do time titular (Foto: Sergio Barzaghi/Gazetas Press)

Cássio decidiu abrir seu coração após a vitória do Corinthians sobre a Ponte Preta, por 3 a 0, na manhã desta quinta-feira, em Itaquera. O goleiro admitiu que ficou chateado após ser notificado de que não atuaria na rodada passada contra o Vitória, quando Walter recebeu o aviso de que daria continuidade ao seu trabalho após substituir o então titular na estreia do Brasileirão contra o Grêmio.
“Fiquei meio chateado com essa situação. Ia jogar contra o Grêmio, acabei saindo e não voltando mais. Confesso que foi bem difícil, duas pancadas, uma atrás da outra. Sou ser humano, tenho sentimentos, mas vida que segue. Não dá pra ficar choramingando, cheguei aqui com muito trabalho e vou continuar trabalhando forte para reconquistar essa posição”, disse o goleiro alvinegro, que não jogou na estreia do Brasileirão por conta do falecimento de sua avó.
Cássio não escondeu seu descontentamento com a reserva. O goleiro afirmou que respeita seu companheiro de equipe, mas ressaltou sua história no clube para defender sua condição de titular. O alvo principal, porém, acabou sendo o preparador de goleiros, Mauri Lima.
“Com o Tite, eu fiquei chateado no momento. Mas em nenhum momento eu deixei de treinar. A gente fica chateado às vezes com outras pessoas que trabalham com a gente, que poderiam estar mais atentos e ter falado isso antes pra gente. Alertar que isso poderia acontecer, que estava tendo uma queda de rendimento. Quando você tem um treinador específico, ele tem de te falar isso, estar mais próximo, olhar olho a olho e falar que tem que melhorar”, bradou, confirmando que se tratava de Mauri logo depois.
Questionado sobre uma possível saída do Timão, o camisa 12 não descartou aceitar uma proposta que seja interessante para ambas as partes.
“Não sou nenhum menino, tenho uma história aqui. Não foi de um dia para o outro que cheguei aonde cheguei. Fiquei chateado nos dois primeiros dias, mas não é porque perdi minha posição que vou me abalar. Meu objetivo é ficar no Corinthians, recuperar minha posição, mas não sei o dia de amanhã. Pode aparecer alguma coisa boa para mim, para o Corinthians, mas primeiro quero focar aqui e recuperar a minha posição”, completou o goleiro.
Após a vitória diante da Ponte Preta, o Corinthians foca agora na recuperação e já viaja amanhã para o Recife, onde enfrenta o Sport, no próximo domingo, também às 11h (de Brasília). Ao que tudo indica Walter deve continuar como primeira opção de Tite para o gol do Corinthians e aproveitar a boa fase após o time deixar a seca de 36 jogos sem uma vitória. 

(gazetaesportiva)
Read More

Meias resolvem, Timão domina a Ponte e volta a vencer após 36 dias

Foto: Sergio Barzaghi / Gazata Press

O Corinthians teve uma boa atuação na manhã desta quinta-feira, em Itaquera, e contou com uma grande atuação de Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Guilherme para dominar a Ponte Preta diante de 30 mil torcedores. O triunfo foi construído com um gol contra de Kadu, Bruno Henrique e Guilherme, cada um com um golaço para chamar de seu em belos chutes de fora da área.
O líder da atuação, no entanto, foi mesmo Marquinhos Gabriel. Impressionando a torcida pelos dribles rápidos e a personalidade demonstrada em tão pouco tempo de clube, ele foi a melhor alternativa de ataque desde o primeiro lance da partida, culminando com participações essenciais nos três tentos do Alvinegro. Além disso, sofreu um pênalti claro de Kadu na etapa inicial, ignorado pela arbitragem.
Com o resultado, que teve boa performance também do volante Cristian, o clube do Parque São Jorge chega a seu primeiro triunfo desde o 6 a 0 sobre o Cobresal, no dia 20 de abril, pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Os alvinegros alcançaram os quatro pontos conquistados, ultrapassando a própria Ponte por causa do melhor saldo de gols (2 a -2).
Na próxima rodada, os comandados do técnico Tite encaram novamente o horário das 11h, mas, dessa vez, no calor do Recife, onde encaram o Sport, no domingo, na Ilha do Retiro. Ao mesmo tempo, a Macaca tenta se aproveitar da crise do Flamengo, em duelo no Moisés Lucarelli.
Rapidez e eficiência
O maior pedido de Tite aos seus comandados foi para que convertessem em gols as chances criadas durante o jogo, algo que não aconteceu nas eliminações recentes e nas duas primeiras rodadas do Brasileiro. Com bastante movimentação e uma jornada inspirada de Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Luciano, o Corinthians conseguiu envolver a marcação da Ponte Preta nos 45 minutos iniciais.
Para que o desejo do comandante fosse cumprido, porém, foi necessária a ajuda de um jogador bastante conhecido da Fiel. O zagueiro Kadu, um dos piores na campanha do rebaixamento para a segunda divisão, em 2007, foi quem abriu o placar para os donos da casa. Após escanteio curto, aos 15 minutos de bola rolando, Uendel recebeu na intermediária e achou Marquinhos Gabriel, já dentro da área rival, pela esquerda. Sem deixar a redonda sair, o armador chutou forte para o meio, onde o defensor rival acabou colocando para dentro.
A pressão dos anfitriões não cessou com o gol, principalmente por não quererem repetir o primeiro tempo da derrota em Salvador, quando foram muito superiores ao Vitória, mas levaram a vantagem mínima ao intervalo. Dessa vez, coube a outro jogador contestado pelos torcedores a missão: Bruno Henrique, que aproveitou bola mal rebatida pela defesa e chutou de primeira, forte, sem chances para João Carlos.
Contando com o bom toque de bola de Cristian e a atuação segura de Vilson, o Timão então apostou em reter a bola no seu campo de defesa para chamar a Macaca à frente. Do outro lado, os campineiros apresentavam um futebol muito distante do melhor, com diversos erros de passe e zero criatividade na frente. O estrago ainda poderia ter sido pior se o árbitro Elmo Cunha marcasse um pênalti claro de Kadu em Marquinhos Gabriel, que deu lindo drible no zagueiro e no volante Renê Júnior, mas o juiz mandou o jogo seguir erradamente.
Susto inicial e domínio final
Na volta para a etapa final, a Ponte Preta resolveu apostar tudo em um gol logo de cara para tentar uma reação. Com Thiago Galhardo no lugar de Clayson, o time visitante só não abriu o placar porque Walter fechou bem o ângulo do meia, ex-Red Bull, e depois acompanhou de perto uma cabeçada perigosa de Felipe Azevedo. Passado os primeiros dez minutos, no entanto, o domínio voltou para os pés dos corintianos.
Marquinhos Gabriel chamou a responsabilidade para si pelo lado direito e deu um desafogo maior para a equipe local. Aos 15 minutos, Guilherme deu uma amostra do que era possível ao aproveitar sobre de bola dentro da área e, com muita classe, bater de chapa no canto esquerdo de João Carlos. Bem posicionado, o arqueiro ponte-pretano conseguiu utilizar a mão direita para espalmar e mandar para a linha de fundo.
Cansado pelo ritmo intenso utilizado desde o apito inicial, o Corinthians recuou um pouco e apostou na fome de gols do setor ofensivo para continuar a agredir a Ponte, muito aquém das suas melhores performances. Luciano, que não marca desde agosto do ano passado e teve boa participação no triunfo, quase fez o seu aos 28, mas acabou travado pela zaga ao girar já dentro da área.
O encerramento da manhã de alívio para a Fiel, no entanto, tinha de ser bonito. E ele veio quando Marquinhos Gabriel fez grande jogada pelo lado direito, se livrou de dois marcadores e entregou a bola para Guilherme, na entrada da área. O meia, que havia tocado quase todas as bolas nessa situação, arriscou um chute de chapa e acertou o ângulo esquerdo da Ponte, comemorando bastante o terceiro e último tento do Timão.
FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 3 X 0 PONTE PRETA
Local: estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 26 de maio de 2016, quinta-feira
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fábio Rogério Baesteiro e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP)
Público: 35.573 pagantes
Renda: R$ 2.059.840,00
Cartões amarelos: Vilson, Cristian e Bruno Henrique (Corinthians); João Carlos, Cristian e Renê Júnior (Ponte Preta)
Gols:
CORINTHIANS: Kadu (contra), aos 15, e Bruno Henrique, aos 22 minutos do primeiro tempo; Guilherme, aos 34 minutos do segundo tempo
CORINTHIANS: Walter; Fagner, Felipe, Vilson e Uendel (Guilherme Arana); Bruno Henrique, Cristian, Marquinhos Gabriel, Guilherme e Giovanni Augusto (Marlone); Luciano (André)
Técnico: Tite
PONTE PRETA: João Carlos, Jeferson, Douglas Grolli, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Matheus Jesus (Renê Júnior) e Ravanelli (Cristian); Felipe Azevedo, Clayson (Thiago Galhardo) e Wellington Paulista
Técnico: Eduardo Baptista

(gazetaesportiva)
Read More

terça-feira, 24 de maio de 2016

Tite tira André do time e mexe em outras posições; veja nova escalação

Luciano Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)Luciano durante o treino do Corinthians nesta terça-feira à tarde (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

Os cinco gols em 20 jogos com a camisa do Corinthians não foram suficientes para sustentar a posição de André entre os titulares da equipe treinada por Tite. Em treino tático realizado na tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava, o técnico indicou que o centroavante dará lugar a Luciano no duelo desta quinta contra a Ponte Preta, às 11h (horário de Brasília), em Itaquera.
Recuperado de lesão no joelho direito, Luciano passou recentemente por trabalhos especiais para corrigir um desequilíbrio muscular entre as duas pernas e perder peso. O atacante ainda não fez gols em 2016, mas terá nova chance na equipe.
Esta é a única mudança de natureza técnica promovida por Tite, que fez mais duas alterações em relação à equipe que perdeu por 3 a 2 para o Vitória, domingo passado. Convocados para as seleções de Brasil e Paraguai, Elias e Balbuena serão substituídos por Cristian e Vilson, respectivamente.
Treino corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)Jogadores do Corinthians fazem treino de bolas paradas no CT (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

O Corinthians treinou com Walter, Fagner, Felipe, Vilson e Uendel; Cristian; Marquinhos Gabriel, Guilherme, Bruno Henrique e Giovanni Augusto; Luciano.
André é barrado, e Luciano joga no Corinthians; no meio, Cristian deve ganhar vaga (Foto: GloboEsporte.com)A escalação do Corinthians no treino desta terça-feira à tarde no CT (Foto: GloboEsporte.com)
A formação do meio-campo variou em alguns momentos da atividade. O tradicional 4-1-4-1 promovido por Tite pode dar lugar a um 4-2-3-1, com Cristian mais fixo à frente dos zagueiros e Bruno Henrique com liberdade para atacar. Bruno vinha atuando como primeiro volante desde o início do ano, mas não se adaptou e gerou críticas de parte da torcida.
Há cinco jogos sem vencer entre Campeonato Paulista, Brasileiro e Taça Libertadores, o Corinthians passa por mudanças nos últimos jogos. Na partida contra o Vitória, o goleiro Cássio foi o barrado da vez e deu lugar a Walter. Bruno Henrique também corria risco de perder a posição, mas foi mantido por causa da ida de Elias à seleção brasileira.
Tite vai confirmar a equipe em treino a ser realizado na manhã desta quarta-feira, último antes do jogo contra a Ponte. Com um ponto somado em dois jogos, o Timão ainda não venceu na atual edição do Campeonato Brasileiro.
Veja informações do Corinthians para a terceira rodada do Brasileirão:
Próximo adversário: Ponte Preta
Local: Arena Corinthians, São Paulo
Data e horário: quinta-feira, 11h (horário de Brasília)
Escalação provável: Walter, Fagner, Felipe, Vilson e Uendel; Cristian; Marquinhos Gabriel, Guilherme, Bruno Henrique e Giovanni Augusto; Luciano
Desfalques: Balbuena, Elias, Matheus Vidotto, Yago e Rildo
Arbitragem: Elmo Alves Resende Cunha (GO), Fábio Rogério Baesteiro (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Transmissão: Premiere, Premiere HD e PFCI (com Jota Júnior e Maurício Noriega)., informações do GloboEsporte.com.
Read More

Bruno Paulo assina contrato e inicia tratamento de lesão no Corinthians

Atacante Bruno Paulo assina contrato com o Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

O atacante Bruno Paulo foi confirmado na tarde desta terça-feira como novo reforço do Corinthians. Ele assinou contrato com o clube alvinegro e não escondeu a alegria de defender o Timão.
– E aí, Fiel! Assinei, tudo certo. Vamos recuperar para voltar e caminhar, a gente merece ser campeão – disse o atacante.
Antes de estrear pelo Timão, porém, ele vai iniciar tratamento imediato de uma lesão nos ligamentos do pé direito. Por causa dela, Bruno Paulo foi reprovado no primeiro exame médico que realizou no Corinthians e acabou operado no último sábado. A previsão dos médicos é de que ele fique afastado por até 50 dias, tempo considerado pequeno pela direção, que decidiu manter o acordo que tinha com o jogador.
Vice-campeão paulista pelo time de Osasco, Bruno Paulo atuou nos últimos 30 dias com a lesão. Mesmo com dor, ele enfaixava o pé e entrava em campo para jogar. Foi assim que marcou um dos gols do empate por 2 a 2 com o próprio Timão na semifinal do Paulistão – o Alvinegro perdeu a vaga na final nos pênaltis.
Camacho, companheiro de Bruno no Audax, assinou com o Timão por três anos nesta segunda-feira. O jogador ficará à disposição do técnico Tite para os jogos do Campeonato Brasileiro assim que o acordo for registrado na CBF.
(globoesporte)
Read More

© corinthians na veia, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena