quinta-feira, 17 de abril de 2014

Renato Augusto sente dores e pode ser desfalque na estreia do Brasileiro

Meia não participa do treino, é levado para fazer exames e pode dar lugar a Danilo ou Zé Paulo no confronto deste domingo, contra o Atlético-MG, em Uberlândia

Por São Paulo
Renato Augusto Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)Renato Augusto deve ser desfalque domingo (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
O torcedor do Corinthians dificilmente verá Renato Augusto em ação neste domingo, na estreia da equipe no Campeonato Brasileiro, diante do Atlético Mineiro, em jogo marcado para as 16h em Uberlândia-MG. O meia, que já tem um histórico de lesões na carreira, reclamou de dores no joelho direito nesta quinta-feira e não participou do treino. Levado pela comissão técnica até a clínica do consultor médico Joaquim Grava, o jogador passou por uma série de exames e testes para detectar qual o problema. Na sexta-feira pela manhã, voltará ao CT para ser reavaliado.
Em agosto de 2013, Renato passou por uma cirurgia no mesmo joelho, ficando um longo período inativo. No clube, ele também teve uma lesão muscular na coxa direita e sofreu um afundamento de face. Durante o período sem jogos oficiais, foi titular nos jogos-treino com Ponte Preta e Audax, no CT, formando dupla com Jadson. No domingo, o técnico Mano Menezes deve escalar Danilo ou Zé Paulo na função.
Read More

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Em adeus improvisado, Sheik invade coletiva e acaba causando acidente

Emprestado ao Botafogo, atacante faz pronunciamento, brinca que sentirá saudades
de jornalistas e, ao ir embora, sem querer derruba uma repórter com carrinho elétrico

Por São Paulo
Emerson Sheik Corinthians (Foto: Marcelo Braga/ GloboEsporte.com)Emerson Sheik se despede do Corinthians 
(Foto: Marcelo Braga/ GloboEsporte.com)
Emerson Sheik foi a grande atração do Corinthians na manhã desta quarta-feira no CT Joaquim Grava. Emprestado ao Botafogo, o atacante chegou ao local enquanto os demais jogadores faziam trabalhos na academia e se despediu de ex-companheiros e funcionários.

Minutos mais tarde, enquanto o zagueiro Gil concedia entrevista coletiva na sala de imprensa, o jogador de 35 anos pegou o microfone e fez um rápido pronunciamento de despedida. Na saída, dirigindo o carrinho de golfe utilizado no CT, atropelou uma repórter.

– Rapaziada, eu e a diretoria resolvemos não falar. Acho até que a história toda no clube não permite isso. Mas quero deixar os meus agradecimentos e toda sorte aos amiguinhos. Estarei torcendo de longe. E um registro aos funcionários, por tudo o que vivemos. As vitórias, derrotas e lágrimas - disse ele, que retrucou ao ouvir de um jornalista que ele faria falta no dia a dia do clube. – Eu também vou sentir falta de vocês... É mentira (risos).
Emerson Sheik Corinthians (Foto: Marcelo Braga/ GloboEsporte.com)Emerson Sheik deixa sala de imprensa de carro 
(Foto: Marcelo Braga/ GloboEsporte.com)
O jogador, então, sentou no banco do motorista no carrinho de golfe usado no CT para transportar os jogadores e, na presença dos jornalistas, falou mais algumas palavras:

– Saio feliz porque o meu tempo aqui foi de vitórias e conquistas, então não tem porque sair com tristeza. O clube foi tudo na minha vida. Profissionalmente, o Corinthians foi o melhor, e todo mudo sabe disso. Saio extremamente feliz e com a certeza do dever cumprido – finalizou. 

Interrompendo a conversa que se tornaria uma entrevista coletiva, o jogador acelerou o veículo e acabou derrubando uma repórter. Ela, porém, não se machucou com gravidade. O jogador se desculpou e seguiu o seu caminho. Ele fica no Botafogo até o fim do ano.
Read More

Caçula de Marcelinho Carioca treina no sub-17, mas é blindado por Timão

Matheus Surcin integra a equipe sub-17, que estreia no Paulistão no dia 26 de abril

Por São Paulo
Matheus Filho Marcelinho Carioca (Foto: Reprodução/Instagram)Matheus e o pai, Marcelinho Carioca, juntos 
(Foto: Reprodução/Instagram)
Os diretores das categorias de base do Corinthians escondem, no Parque São Jorge, um jogador de DNA campeão. Filho mais novo de Marcelinho Carioca, dono de dez títulos pelo Timão, Matheus Surcin treina desde novembro do ano passado no clube, mas a informação é guardada a sete chaves pelos dirigentes e assessoria de imprensa.

Meia-atacante de mobilidade, o garoto passou por um teste no fim do ano passado e foi aprovado. Levado pelo próprio pai ao clube nos primeiros dias, o jovem de 16 anos vem sendo blindado pelo departamento amador para que não se deslumbre e nem sinta a pressão.

- Ele tem apresentado certa qualidade, tem uma boa relação com a bola. Mas é a sua primeira passagem por um clube grande e não queremos causar uma euforia enorme em torno disso. Afinal, ser filho de quem é por si só já lhe dá um fomento e uma cobrança muito grande. Temos de ter cuidado em relação a isso. Ele está no clube há algum tempo e temos tido muita paciência com o seu desenvolvimento - explicou o coordenador geral da base do clube, Agnello Gonçalves.

Matheus é irmão de Lucas Surcin, de 20 anos, que disputou o Campeonato Carioca pelo Audax-RJ. Ele tem também uma irmã gêmea, Marcella, todos frutos do mesmo casamento do ex-jogador. A reportagem tentou contato com Marcelinho, mas ele não retornou às ligações pelo celular. O clube também vetou uma entrevista com o garoto.
Inicialmente, a reportagem do GloboEsporte.com informou, de maneira equivocada, que Matheus vem treinando na equipe sub-15 do Corinthians. Ele, na verdade, integra o time sub-17, já que completou 16 anos em janeiro.
Read More

terça-feira, 15 de abril de 2014

Inacabada e 'aberta a todos', Arena é entregue por construtora ao Timão

Empresa e clube fazem cerimônia com festa em Itaquera, e as obras continuam para
atender aos padrões da Fifa visando à Copa. Primeiro jogo oficial será dia 17 de maio

Por São Paulo
Depois de quase 104 anos, o Corinthians tem oficialmente o seu estádio. Na manhã desta terça-feira, a construtora Odebrecht entregou a Arena ao clube em cerimônia realizada no local, em Itaquera. Responsável pelas obras do estádio, o ex-presidente alvinegro Andres Sanchez elogiou a nova casa e disse que o local não é só do Timão, apesar de ressaltar o status de anfitrião do clube.
– A Arena é moderna e está aberta a todos. Aqui joga quem quiser, quem puder. O Corinthians é o time do povo – afirmou Andres.
A princípio, o primeiro jogo oficial do Timão no local será dia 17 de maio, contra o Figueirense, pelo Brasileirão. Antes, haverá quatro eventos menores. No entanto, para que essa programação seja confirmada, é preciso que o clube receba o aval do Corpo de Bombeiros. A partir do dia 20 de maio, o clube "entrega" a Arena à Fifa, que passa a cuidar da operação do estádio até o fim da Copa do Mundo. 

O sonho de ter um estádio foi realizado graças principalmente ao lobby do clube, em especial do próprio Sanchez, com o governo federal, que através do BNDES liberou um empréstimo de R$ 400 milhões para a obra – o banco de fomento também ajudou a financiar outros estádios que serão utilizados na Copa do Mundo. E o presidente Mário Gobbi lembrou que o Corinthians vai arcar com os custos da sua arena.
– Estou encantado, enamorado. O Corinthians recebe da Odebrecht a sua casa. Uma casa particular, e vamos pagar por ela. Recebemos a Arena para iniciar os trabalhos operacionais de adaptação – explicou o mandatário.
Cerimônia Arena Corinthians (Foto: Mauro Horita)Andres Sanchez (à direita) na entrega da Arena Corinthians (Foto: Mauro Horita)


Os trabalhos para a montagem das arquibancadas móveis e de toda a estrutura necessária para atender às exigências da Fifa e receber o jogo de abertura da Copa do Mundo – Brasil x Croácia, no dia 12 de junho – continuam. Mas do ponto de vista do Corinthians, com aquilo que ficará como legado após o Mundial, tudo está pronto. Por isso, a realização da cerimônia de entrega nesta terça, mesmo com várias partes inacabadas.
Nas últimas décadas foram vários os projetos, compras de terrenos, tentativas de parcerias e promessas de que o clube teria sua casa. Sempre sem sucesso. Em 2010, como parte das comemorações do centenário, Corinthians e Odebrecht firmaram o contrato para a construção da Arena. As obras foram iniciadas no fim de maio de 2011. Em outubro veio o anúncio de que o local seria o palco da abertura da Copa, após o veto da Fifa ao Morumbi.
Cerimônia Arena Corinthians (Foto: Mauro Horita)Em seu discurso, Gobbi ressaltou que o Corinthians vai pagar pela Arena 'particular' (Foto: Mauro Horita)

O clube teria de atender às exigências da entidade para comportar tal evento, como pelo menos 60 mil lugares para os torcedores. A construção da Arena Corinthians teve diversas polêmicas desde o seu início, como a isenção fiscal, a retirada de gasodutos do terreno, os empréstimos do BNDES para acelerar a obra, a indecisão sobre quem pagaria as arquibancadas provisórias, entre outros. Mas nenhum deles foi tão grave quanto as mortes de operários.
 Quero homenagear os três mortos. É muito triste, são vidas que se foram.
Andres Sanchez, responsável pelo estádio
A casa corintiana tem seu lado triste, que também não será apagado. Foram três falecimentos por conta de acidentes no local. No dia 27 de novembro de 2013, o guindaste que montava a estrutura da cobertura causou grande estrago em parte da arquibancada ao cair, mas o pior foram as mortes dos operários Fábio Luiz Pereira, 42 anos, e Ronaldo Oliveira dos Santos, 44. No dia 29 de março deste ano, Fabio Hamilton da Cruz, 23 anos, faleceu após sofrer uma queda enquanto trabalhava na montagem das arquibancadas móveis.
O ex-presidente do Corinthians Andres Sanchez prestou homenagem aos funcionários. 
– Quero homenageá-los. E muito triste, são vidas que se foram – disse ele, garantindo que tudo ficará pronto a tempo do Mundial: – Faltam algumas coisas para terminar, mas em duas semanas tudo estará pronto. Posteriormente, seguiremos com a obra para adaptar ao que queremos, já que a Fifa tem os seus padrões.
Read More

Primeiro jogo oficial da Arena do Timão será no dia 17 de maio

Corinthians receberá o Figueirense, pelo Brasileirão, em sua nova casa. Antes, haverá quatro eventos. Caso Fifa exija, clube pode disputar mais um jogo no local

Por São Paulo
Especialistas finalizam descimbramento da cobertura metálica da Arena Corinthians (Foto: Divulgação / Odebrecht)Arena do Timão já está à disposição do clube
(Foto: Divulgação / Odebrecht)
A Arena Corinthians foi entregue pela construtora Odebrecht ao Timão nesta terça-feira, em São Paulo, em cerimônia solene. O estádio ainda não está 100% concluído para atender todas as exigências da Fifa, mas a expectativa é que as principais pendências sejam resolvidas em até 15 dias. Mesmo assim, o ex-presidente Andrés Sanchez anunciou que poderão ser realizados até cinco eventos antes da Copa do Mundo - o local receberá a abertura, dia 12 de junho, e mais quatro jogos do Mundial. O principal deles: o jogo entre Corinthians e Figueirense, dia 17 de maio, pelo Campeonato Brasileiro. Será o primeiro jogo oficial da nova arena e, provavelmente, o único evento-teste para a Copa.
Toda a programação divulgada, porém, ainda depende da obtenção dos laudos do Corpo de Bombeiros e do "Habite-se" da Prefeitura. O primeiro dos eventos está marcado para o dia 26 de abril e será direcionado às crianças das escolinhas Chute Inicial e do projeto social Time do Povo. A visita servirá para testes de acesso e serviços - como banheiros. Cerca de 5 mil garotos e garotas participarão da atividade. Depois, no feriado de 1º de maio, os funcionários da Arena farão um jogo para um público máximo de 15 mil pessoas. Ele será aberto a sócios do clube e membros do Fiel Torcedor, que ficarão no prédio leste e em parte do oeste.
Já no dia 10 de maio, ocorre um evento maior. A partida entre o time atual do Corinthians e um combinado de ex-jogadores do clube deverá receber de 30 a 35 mil pessoas. A ocupação será nos prédios leste, oeste e em parte do norte e sul. A assessoria de imprensa do clube não quis antecipar as presenças confirmadas, mas sabe-se que haverá venda de ingressos para a grande festa.

Na semana seguinte, haverá a primeira partida oficial do Timão na nova casa, já com capacidade total: 68 mil lugares. Caso a Fifa peça mais um evento-teste no estádio, o Timão mandará o jogo contra o Atlético-PR, dia 21 de maio, pela sexta rodada do Brasileirão, no local. 

- É claro que é pouco fazer só um evento-teste, mas nós somos um clube de futebol e o que sabemos de melhor é organizar um jogo. Depois de entregar à Fifa, continuaremos no estádio. Queremos ver tudo o que vai se passar aqui - afirmou Andrés, sobre a presença do clube no local após 25 de maio, data-limite de entrega para a Fifa.
Read More

Google+ Followers

© corinthians na veia, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena